sábado, 14 de novembro de 2009

Não sei.

Às vezes, nós não sabemos por que estamos aqui, ou o que nos segura num determinado lugar.
Pensamos em ir embora, e muitas coisas apagar, tiramos conclusões precipitadas, sem nem ao menos começar algo, traçamos planos para se por acaso o pior acontecer.
Por vezes, ainda não acreditamos em destino, tapeçaria, rede, ou como quer que chamemos a vida, já que ela se encontra tão ausente, não queremos saber de nada, não há ânimo, alegrias, e nem mesmo tristezas...
Sentir pode se tornar a última coisa importante.
A vontade de jogar tudo fora, desaparecer, viajar, para nunca mais voltar, ou dar notícias.

Mas fatos nos surpreendem, vêm assim "do nada".
Acontecem coisas e aparecem pessoas.
São como raios de luz, arco-íris após uma tempestade tenebrosa, são partes boas de dias ruins, capazes de salvá-lo pelo simples fato de existir...
São injeções de ânimo.

E, muitas vezes não se dão conta disso, passando batido, ou smplsmente não passando por nós.

Um comentário:

Edy disse...

Nossa! Sua pg tá muito legal, muito estilosa, tenho blogs tb, clica lá, acho que temos assuntos em comum:
http://jovembrilhante.blogspot.com
http://edycinemaeseries.blogspot.com

Se gostar, se cadastra como seguidor!

Até breve...
...Edy!